Marcelo Muniz

Aurélio Alves/O POVO

Seja nos tribunais ou nas salas de aula, Marcelo Muniz se ancora numa metáfora para descortinar a própria profissão. “Advogar é uma arte. A cada dia, nos criamos e recriamos, demonstrando sempre a nossa melhor versão”, reflete o profissional, cuja formação remonta ao curso de Direito da Universidade Federal do Ceará. Na instituição, ele se graduou em 2007.1, realizando, já no ano seguinte, pós-graduação em direito do trabalho e processo do trabalho pela Universidade Gama Filho.

Como advogado, é militante nas seguintes áreas: direito do trabalho, consumidor, família, cível, empresarial, assessoria jurídica de condomínios, militar, entre outras. “Apesar de advogar em diversas áreas, minha especialidade é no direito e processo do trabalho, área na qual também ministro aulas para estudantes de Direito e advogados. A cada dia me sinto motivado a advogar nessa área, principalmente com as mudanças provenientes da reforma trabalhista, que está nos desafiando a defender o direito de clientes prejudicados com as alterações da lei”, pondera.  

Como professor, possui currículo vasto em diferentes instituições, com atuações na Escola Superior de Advocacia do Estado do Ceará (ESA-CE), na Faculdade Ateneu, na Faculdade Integrada do Ceará (FIC), na Universidade Estácio de Sá, no Curso Sentido Único, no Curso Direito Favorável e outros preparatórios. Marcelo é também palestrante, já tendo atuado em eventos nos municípios de Iguatu, Juazeiro do Norte, Crateús, Sobral, Itapipoca, bem como nas universidades e faculdades do Ceará, como a Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade de Fortaleza (Unifor) e Universidade 7 de Setembro (UNI7), entre outros.  

Atualmente, Marcelo preside a comissão de apoio ao advogado em início de carreira e é diretor institucional do Conselho Consultivo Jovem da Ordem dos Advogados do Brasil –seccional Ceará (OAB Jovem Ceará). Na OAB e fora dela, ele atua em diferentes frentes, ocupando  também os cargos de conselheiro consultivo jovem da Ordem – 2016/2018, coordenador dos cursos dos interiores da ESA-CE – 2017/2018, coordenador-adjunto da Plataforma ESD (Ensino Sem Distância) e vice-presidente operacional da Associação dos Jovens Advogados de Fortaleza e Regiões do Ceará – 2017/2018. 

“Minha referência são advogados e professores que ajudam a jovem advocacia a se alocarem no mercado de trabalho, impulsionando-os a iniciar a carreira com ética e dignidade. Eu me inspiro  em Jesus Cristo, exemplo maior a ser seguido. Sei que a chave principal para o sucesso em qualquer carreira, estão nos princípios bíblicos”, afirma.  

Antes do Direito, Marcelo fez carreira na Marinha do Brasil durante 20  anos e, apesar da estabilidade que possuía, resolveu deixar o serviço militar para me dedicar à advocacia. “Foram anos de experiência e vivência que me ajudam a lutar na nova carreira que abracei. Fui literalmente preparado para a guerra e hoje posso dizer que vivo seguindo com fé a nova carreira, temendo apenas Deus e não os desafios que me são apresentados a cada dia”.  

O advogado compartilha a vida com a esposa, Érica Fernandes, com quem tem dois filhos: Marcela de Brito e Miguel Muniz. “Agradeço muito à minha família: minha mulher, por sempre acreditar em mim e me apoiar em todos os momentos de minha vida, e meus filhos, pelo carinho, compreensão e apoio de sempre”.